Prevenção do

Covid-19

O Aventura Curitiba faz parte da Rede de Ecoturismo do Paraná (REDE Eco PR), junto com outras sete empresas do segmento criaram o protocolo e o selo do Ecoturista Protegido para as operações durante pandemias.

O protocolo foi elaborado com base nas diretrizes das instituições que regulam ou tem influência sobre o setor e autoridades de saúde locais, nacionais e internacionais: FEPAM, CPM, PARANATUR, SESA, CBME, MTUR, MS, UIAA e OMS.

RAIO DE AÇÃO E CONTENÇÃO DE RISCO

  1. As agências e operadores de turismo deverão atuar, preferencialmente, dentro de um raio aproximado de 200 km desde a cidade de sua sede.
  2. Não poderão atuar em regiões com lockdown determinado ou áreas de alerta de propagação acentuada do vírus, seguindo informações disponibilizadas por órgãos responsáveis de saúde.
  3. Não poderão atuar em áreas ambientais com acesso vetado por decretos estaduais ou municipais.
  4. Devem priorizar cordilheiras mais acessíveis e outras áreas de esportes da natureza que fique abaixo do limite de desempenho pessoal e do grupo, para evitar necessitar um resgate e assim sobrecarregar o Sistema de Saúde.
  5. Devem exigir e monitorar com rigor o cumprimento dos protocolos de desinfecção e higienização dos veículos fretados das empresas prestadoras de serviço, como vans e micro-ônibus, conforme preconizam a ANTT, DER e OMS.
  6. Priorizar grupos reduzidos.
  7. Exigir o uso de máscaras dentro dos transportes e espaços públicos.

CUIDADOS E ORIENTAÇÕES BÁSICAS

  1. Orientar ao cliente a fazer atividades apenas se gozar de plena saúde ou não ter tido contato/sintomas de coronavírus nos últimos 15 dias. A auto declaração de saúde deve ser assinada por todos os participantes da atividade.
  2. Recomendar o uso de itens pessoais, mas também dispor de máscaras sobressalentes para as equipes e clientes para o caso de necessidade.
  3. Recomendar o uso pessoal e dispor de álcool gel 70% para as equipes e clientes, orientando o uso frequente durante o deslocamento terrestre e atividade.
  4. Orientar ocupação intercalada dos assentos, sempre que possível, e ocupar o mesmo assento após as paradas.
  5. Realizar a desinfecção de equipamentos compartilhados pela equipe (como bandeiras, rádios comunicadores, kits de primeiros socorros etc.), sempre antes e após as atividades.
  6. Fornecer treinamento específico para os condutores e demais participantes da equipe.

CUIDADOS DURANTE AS ATIVIDADES

  1. Recomendar o uso de máscaras e álcool em gel 70% durante as atividades.
  2. Manter distanciamento de 2 metros entre participantes durante as atividades, salvo familiares e pessoas de convívio diário.
  3. Evitar contatos como abraços e apertos de mãos.
  4. Evitar o compartilhamento de bebidas e alimentos.
  5. Evitar a troca de objetos como bastão, câmeras fotográficas, celulares etc.
  6. Reforçar as medidas de higiene a cada passagem em pontos comuns da trilha como vias ferratas, correntes, cordas etc.
  7. Evitar aproximação com a comunidade local sempre que possível, e quando necessário fazê-la, utilizar máscaras e manter a distância mínima.
  8. Reforçar as medidas de higiene a cada parada em ambientes de grande circulação como paradouros, postos etc.

Fonte:

  • PROTOCOLO DE SEGURANÇA SANITÁRIA DA REDE ECOTURISMO – PR